terça-feira, outubro 30, 2012

sinais públicos

Do espaço, outras perspectivas se mostram...

ciclistas obedientes!

Para as polícias há dinheiro

“Não vamos deixar de ser um País seguro”, afirmou o Ministro da Administração Interna, durante as jornadas parlamentares conjuntas PSD/CDS. Manter Portugal como País seguro “é uma aposta estratégica e uma prioridade política”, assegurou Miguel Macedo, que explicou aos deputados que em 2013 vai ser feito o reposicionamento de todos os agentes da PSP e da GNR no sistema remuneratório, aumentando o suplemento de segurança de 18% para 20% nessas duas forças e também o subsídio de fardamento de 200 para 300 euros. Assim, para protecção do governo e dos capitalistas seus mandantes há dinheiro, enquanto se afirma não haver para a Saúde, Educação e Segurança Social!

Assim vai a Europa!...